O Campus Virtual de Saúde Pública é uma rede de indivíduos, instituições e organizações que compartilham cursos, recursos, serviços e atividades de educação, informação e gestão do conhecimento em formação, com o objectivo comum de melhorar as habilidades da força de trabalho e práticas de saúde pública, através do aproveitamento e da inovação no uso de tecnologias de informação e comunicação para a melhoria contínua no desempenho dos programas de educação permanente em saúde. Ela própria é uma ferramenta de cooperação técnica da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), rede de aprendizagem na região das Américas.

O CVSP tem sete componentes principais, que correspondem aos seus respectivos benchmarks: governança (gestão), educação, competências, tecnológicos, financeiros, comunicação e avaliação.

  1. Campus governança como um processo dinâmico que orienta a gestão, padrão e avalia atividades de redes educacionais de instituições, organizações e indivíduos envolvidos no CVSP para cumprir sua missão.
  2. Paradigmas educacionais adotadas pelo Campus, que se baseia sobre as implicações da rede de Educação e as técnicas e métodos de Educação Permanente em Saúde, que foram testados e desenvolvidos pela OPAS em coordenação com as instituições de saúde pública países da Região.
  3. Mapas de competências dos trabalhadores e instituições de saúde públicas que exigem a corresponder com as necessidades dos sistemas de serviços públicos de saúde para reforçar a sua oferta substantiva;
  4. A tecnologia da informação e comunicação (TIC), que o modelo estratégico como ferramentas valiosas são integrados para garantir a descentralização e aumento da cobertura dos processos educativos para ajudar a fortalecer a autonomia institucional e trabalho em equipe, e, finalmente;
  5. A garantia financeira e equipamentos através da mobilização de recursos internos e externos.
  6. A estratégia de comunicação visa aumentar e fortalecer a massa crítica necessária para o CVSP se tornar uma rede social para Educação em Saúde Pública, para auxiliar o desenvolvimento da RHS.
  7. A auto-avaliação e avaliação sistemática permite feedback e melhoria dos processos de gestão, educação e tecnologia desenvolvidas no CVSP.

Estes sete componentes e suas ações são realizadas em uma abordagem de rede que responde às necessidades dos sistemas e serviços de saúde, em correspondência com as Funções Essenciais de Saúde Pública (FESP) que fazem parte do cumprimento do Millennium Objetivos de Desenvolvimento, a Agenda de Saúde para as Américas, 2008-2015 RHS Metas e Plano de Ação de Toronto.

Missão

Desenvolver através da cooperação, interação e aprendizagem em capacidades de rede de instituições e competências dos trabalhadores para manter um processo ao longo da vida que permite a melhoria contínua no desempenho das práticas de saúde pública através de um modelo de gestão que opera em uma cooperativa e descentralizada, com a participação de instituições prestadoras de serviços de saúde, controladores, conselheiros e formadores; e associações de técnicos e profissionais no mercado de trabalho na área da saúde pública nos países da Região das Américas.

Vista

O Campus Virtual de Saúde Pública é um espaço privilegiado para a rede que melhora a gestão do conhecimento e programas de educação continuada para o desenvolvimento dos recursos humanos e das instituições de saúde pública, o que contribuiu activamente para a iniciativa Saúde Pública nas Américas, através da melhoria das funções essenciais e práticas de saúde pública e, consequentemente, no cumprimento dos compromissos de saúde contidos nos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

  • Construir e manter um espaço virtual de interação, aprendizagem e trabalho em rede para o desenvolvimento dos funcionários técnico-profissionais em habilidades de atendimento, e as capacidades de instituições dedicadas à formação e prestação de serviços públicos de saúde.
  • Promover e divulgar políticas de educação para o desenvolvimento de habilidades da força de trabalho da Saúde Pública de continuar, que satisfaçam as necessidades prioritárias dos países.
  • Reforçar as competências profissionais e capacidades de formação de professores e as instituições que prestam serviços públicos de saúde.
  • Contribuir para a integração e sistematização de esforços e sub-regiões das Américas na gestão da informação e do conhecimento nacionais em saúde pública.
  • Fortalecer a liderança do Campus Virtual de Saúde Pública como instrumento essencial da educação permanente em saúde na região, através de sua articulação operacional com a Biblioteca Virtual em Saúde.
  • Promover o uso da tecnologia da informação e comunicação para a educação à distância e conectividade e capacidade técnica das instituições prestadoras de serviços de saúde e instituições de formação.
  • Desenvolver e metodologias de ações e ferramentas de treinamento e networking adaptado às necessidades dos países da Região das Américas.

2000

  • A concepção e design do Campus Virtual de Saúde Pública são o resultado de idéias e experiências acumulados desde as primeiras propostas feitas desde o lançamento da iniciativa em 2000.

2003

  • O lançamento da fase piloto do Campus Virtual de Saúde Pública é realizada.
  • O processo de assinatura do Memorando de Entendimento que reúne treze instituições parceiras abre primeiro.

2005

  • Especialmente o Diretor da Organização Pan-Americana da Saúde, Dr. Mirta Roses na 4ª Reunião de Coordenação Regional da Biblioteca Virtual, no Brasil pronunciamento. Reafirmou o "compromisso da OPAS construção do Campus Virtual de Saúde Pública para progressivamente postas em iniciativas de redes e experiências nacionais, regionais e internacionais de educação continuada para os profissionais de saúde".

2008

  • Discurso Inaugural da OPAS Diretor Dr. Mirta Roses. "Eu vou empurrar este período de reforço dos sistemas de informação, vigilância da saúde, as desigualdades de medição e carga da doença, e análise e utilização das informações para a tomada de decisões, em parceria com outros organismos internacionais.
  • Conclusão do quadro conceptual e infra-estrutura tecnológica.

2009-2010

  • Comissionamento e configurações do novo modelo ao nível e nós da rede país regional.

2011-2012

  • Treinamento e desenvolvimento de habilidades em coordenação e equipamento técnico. Sustentabilidade tecnológica e financeira.

2013-2014

  • Crescimento e consolidação de redes CVSP. Melhoria do controle de produtos e serviços de qualidade
  • Em 2014, a rede de mais de 160 instituições de saúde pública e cerca de 20 mil profissionais da região ter concluído alguns dos cursos on-line usando a web e outras aplicações concebidas para dispositivos móveis; cerca de 6.000 recursos educacionais publicados em conjunto com a BVS e 4 países estão participando do projeto de uma clínica de treinamento virtual, clínicas visando desenvolver competências profissionais das equipes de APS. Houve 96 cursos regionais e 245 países. Nós treinamos mais de 500 profissionais no exercício de tutoria on-line e educação virtual projeto pregramas, o que permitiu esse crescimento.

O Campus Virtual de Saúde Pública tem os seguintes modelos:

- Estratégico

- Governança

- Educação

Estes componentes e suas ações se materializar em uma abordagem de rede que responde às necessidades dos sistemas e serviços de saúde, em correspondência com as Funções Essenciais de Saúde Pública (FESP) que fazem parte do cumprimento do Millennium Objetivos de Desenvolvimento, a Agenda de Saúde para as Américas, 2008-2015 RHS Metas e Plano de Ação de Toronto.

Gabriel Listovsky Coordenador Regional Unidade de Recursos Humanos em Saúde - Departamento de Sistemas e Serviços de Saúde. Edgardo De Gracia Oficial Especialista em Desenvolvimento e Administração de Sistemas de Informação e Bancos de Dados. Johel Díaz Oficial Especialista em Ambientes Virtuais, Tecnologias Educacionais e Metodologias Web. Carlos León Oficial Psicólogo especializado em Gestão Pedagógica e Ambientes Virtuais de Aprendizagem. Iván Chávez Equipe Técnica Especialista em Gerenciamento de Usuários e Assistência de Help Desk. Karina Rodríguez Equipe Técnica Especialista em Engenharia de Sistemas e Computadores. Ana Milena Paredes Secretaria Administrativa Secretaria Administrativa e Gestão Pedagógica.